2 de dezembro de 2011

RESENHA DE "UM DIA" – COM SPOILERS




Depois de ver o título “Um Dia” na lista dos mais vendidos da Veja fiquei curiosa e logo depois adquiri o livro num desses passeios ocasionais no shopping.

Quando eu li as criticas das capas e contracapas eu me animei e nem terminei o livro que estava lendo e engatei logo Um Dia. Depois de umas 3 ou 4 páginas já saquei sobre o conteúdo do livro.

Convenhamos, para os brasileiros que estão acostumados com os melodramas apresentados nas novelas o livro não tem nenhuma grande novidade. É aquele esquema basicão: “ garotA se apaixona por garotO. Ele não quer nada sério e cai na gandaia, a mocinha sofre todo tipo de coisa, no fim garoto descobre que sempre amou a garota e o casalzinho finalmente fica junto. Absolutamente nada de novidade.

Claro que o livro é uma leitura deliciosa, o autor David Nicholls escreve de forma fantástica e em vários momentos nos apaixonamos pelos dramas vividos pelos personagens.

Só que no fim ficou um desgosto, um ranço com o livro. Como se fosse muita promessa e pouco resultado. Não passei dias imaginando as cenas descritas no livro, não passei horas relembrando diálogos do livro, não imaginei outros roteiros para o livro. Finalmente, não deixou nada. Não marcou.

Portanto para quem gosta de livros de romance eu indico. Leia sem muitas expectativas, como se estivesse assistindo uma novela.

Agora o spoiler final...a mocinha morre no fim. Como eu havia previsto depois de ler a página 4.

Não sei se vou ter coragem de gastar o preço do ingresso pra assistir Um Dia no cinema...acho que vou economizar essa grana.

P.S.: A melhor parte do livro foi a carta que Dexter escreveu pra Ema e nunca enviou. Confesso que fiquei com lágrimas nos olhos. Foi muito muito lindo!

A CULPADA

Minha foto

Sou Ellayne Medeiros da Silva, Engenheira Eletricista formada na Universidade Federal de Campina Grande, especialista em planejamento pela Universidade Federal do Amazonas

Postagens Populares